Projeto

Uma biblioteca serena nas florestas do Brasil

Uma biblioteca serena nas florestas do Brasil

Árvores maduras se estendem ao sol no espaço verde que se aglomera em torno da Casa Biblioteca, uma casa dos estudiosos. A casa com paredes de vidro absorve toda a beleza que essa paisagem brasileira tem a oferecer, absorvendo com gratidão a vista vibrante em toda a sua área útil de 200 metros quadrados. Este lugar único foi projetado como um refúgio tranquilo, onde o proprietário podia ler e contemplar tranquilamente enquanto imerso na natureza, longe do ritmo da agitação metropolitana do Brasil. A construção, projetada pelo Atelier Branco Arquitetura, é uma estrutura em degraus que se eleva sobre três planos para acomodar sua tranquila área de encosta na pequena cidade de Vinhedo.

  • 1 |
É possível ver através de um lado da casa com paredes de vidro para o outro, de modo que a estrutura mal parece estar na paisagem. A vista verde frondosa e o sol flutuam, como se estivessem em harmonia com o espaço interno.

  • 2 |
Uma escada externa sobe a encosta gramada. Os degraus ao ar livre tornam a subida ao topo da propriedade em um passeio fácil e tranquilo.

  • 3 |
A sala de vidro possui um volume de altura dupla sob um teto plano. O mesmo teto plano continua todo o caminho até a parte de trás da propriedade por mais dois pisos de plataforma de altura ascendente.

  • 4 |
O proprietário é um renomado estudioso da história do pensamento político. Ele solicitou a concepção deste retiro de lazer para servir como um refúgio intermediário entre São Paulo e a Universidade Estadual de Campinas, onde exerce cargos de professor desde a década de 1980. Dentro do refúgio contemplativo, móveis modernos de meados do século servem a sala de estar aberta e arejada. Um conjunto de jantar fica ao lado do piso mais baixo, e uma sala com sofá moderno de meados do século fornece o outro.

  • 5 |
No andar intermediário da plataforma, uma poltrona de balanço está posicionada para contemplar a vegetação exuberante, para se perder entre as folhas.

  • 6 |
Uma cadeira de balanço mais tradicional fica no lado oposto do mesmo nível do piso. Um design incomum de cadeira com encosto alto é penetrável pela luz do sol e vistas verdes.

  • 7 |
Com a falta de paredes sólidas, os pontos de força são posicionados nos pisos de madeira.

  • 8 |
Degraus de madeira, que dão origem ao próximo andar da plataforma da casa, são construídos no design de uma estante de madeira sob medida. Uma estatueta de pássaro e outras esculturas estão posicionadas entre os tomos.

  • 10 |
A estrutura foi criada quase inteiramente com concreto fundido in situ, com atenção aos detalhes e perspicácia construtiva característicos dos projetos do Atelier Branco. Fundada em 2012, os membros fundadores do Atelier Branco, Matteo Arnone e Pep Pons, construíram um portfólio de móveis e acessórios, escritórios profissionais e showrooms comerciais, além de projetos residenciais em todo o Brasil.

  • 11 |
O chuveiro é uma zona sombreada e tranquila, perfeita para este lugar de devaneio.

  • 12 |
Instalando-se novamente na encosta, esta majestosa casa incorpora uma pesquisa atenta sobre a forma arquitetônica.

  • 13 |
Escadas externas sobem em ambos os lados da propriedade, ligadas por pátios estreitos nos planos nivelados, para formar um terraço circular completo.

  • 14 |
O exterior simples repousa silenciosamente entre as árvores.

  • 15 |
Os caixilhos das janelas se cruzam de maneira indomável e assimétrica, em alturas onduladas e larguras variáveis.

  • 16 |
Os caixilhos das janelas de metal e as colunas de suporte de concreto são mantidos o mais estreito possível para não atrapalhar a conexão com o espaço externo da casa.

  • 17 |
O telhado plano se conecta ao topo da colina verde na parte de trás da casa, onde mais árvores florescem.

  • 18 |
O deck cobre toda a área do grande telhado plano, proporcionando uma área aberta para se sentar sob o céu e o sol. Árvores maduras altas proporcionam uma sombra feliz em mais da metade do convés exposto.

  • 19 |
Dois bancos estão sentados um em frente ao outro no terraço, oferecendo um lugar para sentar e ler do lado de fora, ou para se deitar e olhar as estrelas à noite.

  • 20 |
Uma ampla via flui pela borda da calha do telhado da parte superior plana.

  • 21 |
As escadas descem do topo da colina para dentro de casa.

  • 22 |
A via navegável em torno do telhado reflete o céu e as nuvens.

  • 23 |
Desenho arquitetônico mostrando o terreno.

  • 24 |
Planta do terraço.

  • 25 |
Planta ilustrando dois quartos privativos na parte de trás da casa, posicionados no terceiro nível superior, cada um com seus próprios banheiros privativos. Há também um banheiro ao lado da casa que pode ser acessado a partir de uma das escadas externas.

  • 26 |
Desenho da seção mostrando o aumento dos três níveis da plataforma dentro da casa na encosta. A principal área de estar com lounge e sala de jantar está posicionada no nível mais baixo; uma área de contemplação e trabalho ocasional reside no meio do caminho; quartos e banheiros se unem no topo.

  • 27 |
Elevação lateral mostrando o projeto da escada externa até o topo da colina.

  • 28 |
Elevação lateral mostrando o projeto da escada externa no lado oposto da casa.

  • 29 |
Vidro frente da casa na base da colina.

  • 30 |
Fáscia da casa e vigas do telhado correndo de volta a toda a profundidade da casa. Este desenho também ilustra a escada interna que corta o centro da sala de estar em cada nível e divide os dois quartos e banheiros duplos.


Leitura recomendada:
Inspiração para projetar a casa de um escritor
50 dos melhores recantos de leitura que já vi
Salas para amantes de livros


Assista o vídeo: Tipos de vegetação na Amazônia: igapó, várzea e floresta de terra firme (Janeiro 2022).